14 anos de casamento: é por isto que o marido abandonou sua esposa após ela sofrer um derrame.

Riona Kelly, de Halifax, do condado inglês de West Yorkshire, teve que viver uma tragédia dupla em 2015. Uma reviravolta do destino afetou seu coração, a outra, suas pernas. Mas no meio dessas dificuldades, ela encontrou a felicidade.   

Em março daquele ano, a mãe de quatro sofreu um derrame que paralisou suas pernas. Ela perdeu todos os sentidos da cintura para baixo. Mas para completar, seu marido ainda reagiu de forma chocante.

Após o derrame, ele se divorciou dela - depois de 14 anos de casamento. "Foi quando eu precisava mais do meu marido", conta Riona. 

"Depois de o meu marido me deixar no hospital, minha amiga, Sarah, se tornou o mais próximo de um parente. Foram ela e as crianças que me deram apoio durante a recuperação." Riona conta que o marido entrou com o pedido de divórcio apenas cinco dias após sua entrada no hospital.

Richard, por sua vez, diz: "Eu disse à Riona que queria me divorciar na manhã anterior ao derrame, não enquanto ela estava no hospital. Durante sua estadia no hospital, eu a visitei tanto quanto pude à noite. Eu tinha que cuidar das crianças, da casa e do meu negócio."

"Olhando para trás, eu vejo que era infeliz no meu casamento, mas nós construímos uma vida juntos e tínhamos responsabilidades", explica Riona.

"Depois de cinco dias no hospital, eu soube que levaria de seis meses a um ano para me recuperar. Na época, eu queria desistir, mas sabia que tinha que ser forte pelos meus filhos", ela conta. 

Riona soube que deveria conseguir dar os primeiros passos em seis semanas, mas ela não conseguia mover as pernas. Consequentemente, os médicos acreditaram que ela jamais conseguiria andar novamente.

Duas semanas após essa avaliação e depois de muitas horas de fisioterapia, Riona surpreendeu os médicos - ela deu seus primeiros passos usando barras paralelas. E mais boas notícias: ela tinha uma nova pessoa em sua vida. 

Riona conheceu o personal trainer Keith Mason, que deveria ajudar a aliviar seus problemas físicos. No entanto, uma forte ligação foi criada entre a paciente e seu personal.

"Depois de nossas sessões, eu e Keith mantivemos contato. Ele me perguntava como eu estava e nossa relação foi florescendo. Agora, nós estamos juntos há 11 meses, as crianças gostam muito dele e eu finalmente sinto que estou vivendo a vida que mereço", diz Riona. Agora, Keith e sua filha se juntaram à família. 

Riona treinou bastante e conseguiu deixar o hospital após quatro meses. Ela só precisa da cadeira de rodas para longas jornadas e até participou de duas maratonas com ela. E com seu novo amor, ela conseguiu superar a fase mais difícil de sua vida. Depois de tudo pelo que passou, ela certamente merece. 

Comentários

Também incrível