Minutos depois da anestesia, uma serra corta o bracinho do bebê.

Os britânicos Ben Ryan e Katie Smith esperavam ansiosos o nascimento de seu filho, que escolheram chamar de Sol. Mas Katie teve um parto complicado e logo as coisas mudaram da água para o vinho depois que eles receberam uma notícia terrível.  

O parto complicado fez com que Sol nascesse com coágulos de sangue em seu braço esquerdo. Isso era tão grave, que com apenas 10 dias de vida os médicos optaram por amputar o membro. Porém, o pai do menino não pôde simplesmente aceitar a condição do filho sem fazer nada. 

Os jovens pais tentaram conseguir uma prótese para o filho o quanto antes, mas elas estão disponíveis apenas para pacientes acima de 3 anos. Ao invés de esperar, Ben abandonou seu trabalho como psicólogo e se propôs a fabricar o braço protético para Sol. 

E como ele fez isso? Buscando tutoriais no YouTube, simples assim. Depois de saber o básico, ele pediu ajuda em uma universidade e começou a trabalhar em sua criação. Ben levou 5 semanas até ter seu primeiro protótipo de plástico, mas seguiu criando versões mais avançadas para que fosse o mais útil e real possível. 

Após anos de trabalho, Ben criou um braço protético hidráulico que permite que Sol consiga segurar objetos. E através do Facebook, ele conseguiu ajuda de especialistas que lhe aconselharam sobre como melhorar o protótipo. 

Já que essa é a primeira prótese de braço feita para crianças menores de 3 anos, Ben quer patentear sua invenção, e assim poder ajudar crianças ao redor do mundo. Bravo!

Comentários

Também incrível